Tribunal de Justiça da União Europeia invalida norma sobre armazenamento de dados

O Tribunal de Justiça da União Europeia declarou inválida norma que previa a possibilidade de empresas europeias de telecomunicações armazenarem dados de usuários de serviços de telefonia ou de conexão à Internet. A Corte divulgou um comunicado de imprensa para explicar o caso. Até a edição deste texto, a íntegra da decisão estava disponível somente nas línguas alemã, francesa e inglesa.