Desde a semana passada, internautas na China enfrentam um novo bloqueio ao Dropbox.

Desde maio de 2010 o governo Chinês bloqueia o acesso a esse famoso serviço de armazenamento em nuvem, hospedado nos Estados Unidos e que conta com 300 milhões de usuários todo o mundo. Passados quatro anos, em fevereiro foi notado que era possível acessar o site. Mas durou pouco: novos bloqueios sistemáticos ocorrem desde o fim de maio e o endereço dropbox.com está inacessível na China desde 17 de junho.

A má notícia é confirmada pelos dados do portal GreatFire.org, que monitora e compartilha informações sobre o funcionamento do Great Firewall of China, um projeto de censura e vigilância operado pelo Ministério de Segurança Pública da China desde 2003.

Greatfire.org
“Dropbox.com está 93% bloqueado na China”, informa o site GreatFire.org

E desde o dia 18 de junho, é possível identificar ainda a restrição total ao endereço dl.dropbox.com, usado especificamente para baixar os arquivos guardados na nuvem. Isso sugere que a restrição atinge também aplicativos e plugins.

Embora não seja muito popular na China, tuítes registraram a frustração de usuários do Dropbox:

https://twitter.com/anferni88/statuses/479507623293620224

O Dropbox não emitiu declaração sobre o caso, nem houve explicação oficial do governo. Acredita-se que o rebloqueio tenha relação com o aniversário de 25 anos do famoso Protesto na Praça da Paz Celestial, de 4 de junho de 1989, mesmo motivo apontado para o atual bloqueio completo dos serviços do Google no país desde o início de junho. Fontes extraoficiais informam que a medida teria como objetivo inibir práticas terroristas no país, servindo de resposta a recentes atentados ocorridos na região autônoma de Xinjiang Uygur.

Fontes:

2 comentários em “Dropbox tem serviços bloqueados na China, de novo

Deixe uma resposta