Rússia: jornais afirmam que Putin quer bloquear a Internet; Kremlin nega

Nesta sexta-feira (19), uma reportagem do jornal russo Vedomosti revelou um suposto plano do governo da Rússia para desligar o país do resto da Internet em caso de ameaça externa ou de agitações populares internas. Segundo o jornal — que teria colhido a história com provedores de conexão, ativistas e ONGs — o presidente Vladimir Putin teria uma reunião marcada para esta segunda-feira, para discutir o tema com seu conselho de segurança. A notícia foi imediatamente reproduzida pelo Guardian e uma série de outros portais ocidentais.

Nikolai Nikiforov
Nikolai Nikiforov

De acordo com o Vedomosti, os planos de aumentar o controle governamental sobre a estrutura da Internet ganha força na Rússia em razão da crise internacional protagonizada pelo país. Em retaliação à ações militares russas em territórios da Ucrânia, Estados Unidos e União Europeia impuseram sanções econômicas contra a Rússia. Segundo o ministro russo das comunicações, Nikolai Nikiforov, o delicado balanço de forças coloca o país em uma posição de incerteza quanto à integridade de sua estrutura de comunicações, já que boa parte dela é dependente de tecnologias estrangeiras.

“A Rússia está sendo interpelada com uma linguagem de sanções unilaterais: primeiro cortaram nossos cartões de crédito; depois o parlamento europeu afirma que irá nos desconetar da rede SWIFT. Dadas essas circunstâncias, estamos trabalhando com um cenário no qual nossos estimados parceiros podem subitamente decidir nos desconectar da Internet.” – Nikolay Nikiforov, Ministro de Comunicações da Federação Russa

Diante da repercussão da reportagem, o secretário de imprensa do Kremlin, Dmitry Peskov, declarou ao periódico Interfax, também russo, que o governo não está buscando mecanismos para um bloqueio sistemático da Internet ou para seu desligamento, mas que está, sim, trabalhando em projetos de cibersegurança para proteger o país em caso de ações imprevistas de seus parceiros ocidentais. Hoje, segunda-feira (22), fontes oficiais do Kremlin confirmaram o encontro entre Putin e membros do Conselho de Segurança Russo. O informe, no entanto, aponta que foram discutidas apenas a situação da Ucrânia, uma possível cooperação internacional contra o ISIS, na Síria, e a participação russa nos esforços contra a epidemia de Ebola na África.

Fontes:

Uma ideia sobre “Rússia: jornais afirmam que Putin quer bloquear a Internet; Kremlin nega”

Deixe uma resposta